√ćcone do site JP Cosmetics

UNHA ENCRAVADA: CAUSAS E TRATAMENTOS

UNHA ENCRAVADA: CAUSAS E TRATAMENTOS - Blog - Produtos Digitais - JP Cosmetics

Unha encravada √© um problema muito comum. E certamente o leitor j√° teve ou conhece algu√©m que passou por este inc√īmodo.¬†

Diante do problema surgem invariavelmente d√ļvidas sobre o que fazer e quando procurar ajuda m√©dica ou se auxiliar de algum tratamento caseiro.¬†

O encravamento ocorre principalmente no dedão do pé, quando a borda da unha cresce e penetra na pele, aumentando a pressão sobre a unha. O resultado é dor, inchaço, infecção, vermelhidão, calor no local e pus. 

Neste artigo abordaremos a definição, as causas e tratamentos que envolvem a unha encravada. 

O QUE √Č UNHA ENCRAVADA?

A unha encravada recebe o nome científico de onicocriptose. Ocorre quando a lateral da unha entra e machuca a pele causando inchaço, inflamação e dor. 

√Č um problema muito comum, e com alguns casos graves. Existem fatores que causam este mal, portanto, tr√™s se destacam:¬†

Corte errado da unha ‚Äď √© a principal causa, onde o corte deve ser feito linearmente, ou seja, reto, sem arredondar os cantos, deixando a borda da unha no formato quadrado.¬†¬†

Não cutucar os cantos da unha, também faz parte deste primeiro fator, além de não retirar em excesso a cutícula, já que a mesma é a proteção contra fungos e bactérias. 

Esta recomendação vale principalmente para as unhas dos pés, onde é causa dos maiores problemas, especialmente no dedão. 

Sapatos apertados ‚Äď apertam as laterais dos dedos, favorecendo o encravamento das unhas, al√©m de alguns traumas locais que podem favorecer este mal.¬†

Portanto, sapatos de bico fino, e atividades como corrida, futebol ou balé deve ser um alerta para este problema. 

Formato da unha ‚Äď normalmente s√£o as grandes ou muito curvas em formato de garra, ou telha, tendem a encravar mais.

A UNHA ENCRAVOU, E AGORA?

O encravamento em si não é grave do ponto de vista médico. Passa-se a ser no momento que infecciona. 

Isto ocorre porque vira porta de entrada para as bactérias. Além disso, outros fatores devem fazer parte da sua preocupação:

Em alguns casos ocorre febre. Tais características são sinal de alerta para a procura de um médico.  

Pessoas com diabetes, problemas de circulação e imunodeprimidos devem ter uma atenção redobrada, pois a infecção da unha pode espalhar com mais facilidade se tornando um quadro generalizado. 

Outro fator comum que requer cuidado, é o encravamento das unhas dos bebês. Que pode se dar por uma questão congênita ocorrendo no ventre da mãe quando fica espremido e já nasce com a unha encravada. 

Ou a partir do momento que a criança começa a engatinhar pelo atrito do pé com o chão, pelo uso de macacão apertado que possui pezinhos e meias com costura apertadas. 

COMO CUIDAR DA UNHA ENCRAVADA EM CASA?

O primeiro passo, como já citado, é fazer o corte reto das unhas, ou seja, não invadir os cantos, para que a mesma cresça aberta.  

Outro procedimento é utilizar um anteparo de algodão. Na prática, é: 

Pegar um filete fino de algodão com ajuda de palito de dente ou palito de limpar esmalte e empurrar este algodão no canto da unha e prendê-lo na ponta para não escapar. 

Isso provoca uma esp√©cie de ‚Äúalavanca‚ÄĚ e ‚Äútra√ß√£o‚ÄĚ na unha corrigindo-a ao longo do tempo.¬†

Vale ressaltar que nesta técnica o algodão deve ser trocado diariamente após o banho, com a limpeza do local para evitar micose. 

Porém, e se a unha estiver inchada e infeccionada?

Usa-se √ďleo de Melaleuca 100% puro, que mata as bact√©rias, limpa, e pode entrar em contato com a pele por ser antial√©rgico.¬†¬†

Na prática, irá passar o óleo num algodão e devagar manusear sobre toda a infecção, deixando o líquido adentrar na ferida. 

Em seguida fa√ßa uma mistura de 6 gotas de √ďleo de Cipreste e 6 gotas de √ďleo de Lavanda. Mistures ambas num recipiente, e com um pequeno algod√£o ou cotonete, passe a subst√Ęncia sobre a unha infectada, mesmo se estiver com pus.¬†¬†

Este processo não é tóxico e não afeta a corrente sanguínea, pois é um ferimento, isto ocorreria somente com a ingestão.  

Com esta t√©cnica o que ir√° doer √© manusear unha ap√≥s diminui√ß√£o do incha√ßo e infec√ß√£o. Essa pr√°tica deve ser feita tr√™s vezes ao dia e a manuten√ß√£o do tratamento deve ocorrer com √ďleo de Malaleuca para a higieniza√ß√£o das unhas ap√≥s o banho. √Č uma forma de evitar novas infec√ß√Ķes.¬†


Este artigo pode interessar a você: Fungo na pele o quão horrível deve ser para todas as pessoas a micoses?


POD√ďLOGO OU DERMATOLOGISTA: EM QUAL PROFISSIONAL PROCURAR TRATAMENTO?¬†

O podólogo tem um procedimento chamado espiculaectomia que retira o canto da unha ou a parte que tem espícula sem necessidade de fazer uma anestesia. 

√Č um procedimento paliativo que ir√° ajudar em alguns casos agudos, por exemplo: pessoas que nunca tiveram unha encravada poder√£o ter um √≥timo resultado.¬†

Por√©m, em casos cr√īnicos que se estendem durante toda a vida, a espiculaectomia pode originar um agravamento da unha encravada e exige que o paciente volte sempre no pod√≥logo para repetir os processos.¬†

A t√≠tulo de exemplo, neste procedimento, a unha cresce, a matriz fica ‚Äúviva‚ÄĚ, donde surge a unha, e ent√£o, volta a encravar.¬†

J√° a procura pelo dermatologista se d√°, em casos onde o encravamento ocorre na parte de fora e ponta do dedo. Nestes casos consegue-se fazer procedimentos n√£o cir√ļrgicos como √≥rteses e curativos.¬†

Contudo, o encravamento acontecendo na base da unha, o procedimento ser√° cir√ļrgico com algumas modalidades: se for recente, o procedimento √© a base de anestesia, cortando a lateral da unha, retirando sua matriz com uso do Fenol, um produto c√°ustico que matar√° esta matriz.¬†¬†

Nos pacientes com unha encravada há muito tempo, com crescimento nas laterais, o procedimento é mais invasivo, ou seja, o corte desta parte lateral vai gerar um resultado satisfatório, tanto do ponto de vista estético e funcional da unha. 

¬†Agora, voc√™ sabe a defini√ß√£o, as causas e tipos de tratamentos quando for v√≠tima de uma unha encravada. Em caso de d√ļvidas sempre recorra a este artigo.¬†

Sair da vers√£o mobile